Químicos da Força dão início ao seu 8º Congresso

 Na noite de segunda-feira 21 de julho, líderes sindicais e políticos marcaram presença na cerimônia de abertura do 8º Congresso da FEQUIMFAR, na Colônia de Férias do Sindicato dos Metalúrgicos de SP. Mais de 400 dirigentes sindicais participaram do evento, entre eles, Maria Auxiliadora dos Santos, secretária de políticas da mulher da Força Sindical, Herbert Passos, coordenador da SNQ, Antonio Silvan Oliveira, presidente da CNTQ, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, deputado federal, Danilo Pereira da Silva, presidente da Força SP, Vandeir Messias, presidente da regional Minas Gerais da Força Sindical, Eunice Cabral, presidente do Sindicato das Costureiras, Carlos Andreu Ortiz, presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, e Lucineide Dantas Varjão, presidente da CNQ-CUT.

O anfitrião, presidente da Força Sindical e do Sindicato dos Metalúrgicos de SP, deu início aos discursos da noite, salientando a importância da organização da categoria química do estado de São Paulo para o fortalecimento da luta nacional da classe trabalhadora por mais conquistas e direitos.

O ministro do trabalho e emprego, Manoel Dias, esteve presente e falou sobre a atuação da FEQUIMFAR, que está sempre cobrando do MTE o seu papel na luta permanente pela vida e pelo trabalho decente. Dias reafirmou a intenção de resgatar o protagonismo do Ministério do Trabalho e disse precisar muito do apoio dos trabalhadores organizados, reconhecendo a importância do Congresso da FEQUIMFAR.

Antonio Silvan Oliveira, presidente da CNTQ, parabeniza a direção da FEQUIMFAR pela realização deste 8º Congresso, ressalta a importância deste encontro de lideranças sindicais, “Quanto mais unido o setor, mais força teremos na mesa de negociação, assim conseguindo melhorias para os trabalhadores não somente em nível regional, mas sim em nível nacional.” ressalta.

Geraldo Alckmin, governador do estado de São Paulo, também participou da mesa de abertura e fez um levantamento sobre o cenário do ramo químico e disse ser otimista com relação ao setor, que tem qualidade estratégica no desenvolvimento do estado e do mundo moderno.

Em sua fala, Sergio Luiz Leite, o Serginho, presidente da FEQUIMFAR, a diretoria dos 33 Sindicatos filiados pelo esforço e mobilização para a realização do evento, que conta com a participação de cerca de 400 dirigentes sindicais. Serginho falou sobre os avanços dos Químicos da Força nos últimos quatro anos e da importância da mobilização para elaboração de metas e discussão sobre a relação institucional com os governos estadual e nacional.

Para Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR, que coordenou a abertura do 8º Congresso, a ocasião é importante para a troca de informações, aprovação das resoluções e para o fortalecimento da categoria no estado de São Paulo. “Durante os três dias de Congresso, os delegados debaterão temas de interesse dos trabalhadores que constam do documento-base elaborado pela FEQUIMFAR, e que irá nortear as discussões. As resoluções, que deverão ser aprovadas, irão nortear nossa luta nos próximos quatro anos.”

Na manhã de hoje, os congressistas estão participando de palestras sobre a conjuntura política e econômica e avanços na legislação trabalhista. O amigo e companheiro da FEQUIMFAR, Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República, irá falar sobre os avanços e conquistas sociais no Brasil e os novos desafios do país.

Fonte: Imprensa FEQUIMFAR

Views All Time
Views All Time
211
Views Today
Views Today
2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Please copy the string 2zawOb to the field below: