Nota de repúdio

novembro 24, 2017 No Comments »
Nota de repúdio

Luís Alberto Alves/CNTQ

Silvan: “Estamos solidários com os trabalhadores e seus familiares e clamando a Deus para que possam retornar aos seus lares”

O presidente da CNTQ (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Químico), Antonio Silvan Oliveira, em nome da diretoria desta confederação, lamenta a violência sofrida por um grupo de funcionários do laboratório Brainfarma, em Anápolis (Goiás), que no final desta madrugada (24) foram assaltados no ônibus que os levariam ao serviço. Dois deles acabaram feridos e se encontram em estado grave. Silvan e os demais diretores estão solidários com os trabalhadores e familiares e pedindo pela intercessão de Deus na vida das duas vítimas feridas gravemente, para que possam se recuperar e retornar aos seus lares.

Marly: “Na próxima semana faremos uma mobilização cobrando mais segurança das autoridades para que os trabalhadores não passem por outra experiência tão trágica, como desta madrugada (24)”

Segundo a presidente do Sindicato dos Químicos de Anápolis e segunda secretária da CNTQ, Marly Alves Chaveiro, os bandidos atacaram os trabalhadores no bairro Recanto do Sol. Ela diz que os funcionários dos laboratórios que chegam no início da manhã, ainda escuro, ao serviço não contam com nenhuma segurança da polícia, ficando à mercê da violência, que infelizmente assola todo o Brasil.

No começo da próxima semana, o Sindicato irá realizar uma mobilização em Anápolis, exigindo melhoria da segurança pública, para que fatos tão lamentáveis, como o ocorrido no final desta madrugada (24) não se repitam mais.

Views All Time

Views All Time
52
Views Today

Views Today
2