FEQUIMFAR/Força Sindical e FETQUIM/CUT entregam reivindicações dos químicos ao Grupo CEAG-10 da FIESP

*FEQUIMFAR

“Considerando a conjuntura de alta inflação que castiga os trabalhadores e enfraquece a economia, nesta Campanha Salarial, nossa luta é pela recuperação do poder de compra dos salários, valorização do Piso e reajuste na PLR. Nossa perspectiva é de que este processo negocial seja construído e fortalecido resultando em um importante acordo para a categoria.”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
1º secretário da Força Sindical

No dia 10 de setembro, dirigentes da FEQUIMFAR/Força Sindical e FETQUIM/CUT, junto a lideranças dos Sindicatos filiados, realizaram a entrega conjunta da Pauta de Reivindicações dos trabalhadores nas indústrias do setor químico, plástico e fertilizantes no estado de SP aos representantes patronais do Grupo CEAG-10 da FIESP. Cada grupo entrega pautas distintas aos CEAG-10.

A cerimônia formal da entrega da pauta foi realizada por videoconferência e teve a participação de cerca de 100 lideranças sindicais e representantes empresariais.

“A entrega da pauta dá início ao processo de negociação coletiva dos trabalhadores nas indústrias do setor químico, plástico e fertilizantes, data-base 1º de novembro”, informa Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru e Região.

“A negociação do Estado de São Paulo serve de parâmetro para outras negociações do país. Neste ano, temos um desafio ainda maior de avançar e valorizar o poder de compra dos trabalhadores, bem como a manutenção de nossas conquistas. Seguimos confiantes em defesa dos direitos da categoria”, afirma Antonio Silvan Oliveira, presidente da CNTQ e do Sindicato dos Químicos de Guarulhos e Região.

“Nossa luta é pela Convenção Coletiva de Trabalho, por isso, reforçamos a importância da entrega conjunta da Pauta de Reivindicações e o nosso compromisso pela construção de um processo de negociação forte e vitorioso”, diz Airton Cano, presidente da FETQUIM.

Pacto Laboral setor químico

Um Grupo de Trabalho formado por representantes da Bancada dos Trabalhadores da FEQUIMFAR/Força Sindical, FETQUIM/CUT e da Bancada Patronal tem discutido algumas diretrizes para nortear as negociações no sentido de que as cláusulas sociais possam ser ajustadas e validadas por mais dois anos, além disso, que a negociação coletiva seja antecipada, com meta para que seja acordada até 5 de outubro.

Reivindicações da categoria

Nas últimas semanas, os Sindicatos filiados à FEQUIMFAR e que fazem parte desta Campanha Salarial, com data-base em 1º de novembro, realizaram uma série de assembleias com os trabalhadores da base para que pudessem apreciar e discutir as reivindicações para este ano.

Hoje, durante a Assembleia Geral, dirigentes da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados puderam expor a realidade em cada região do estado e falar sobre as expectativas da classe trabalhadora.

A categoria aprovou a Pré-Pauta de Reivindicações e demonstrou o compromisso para fortalecer as negociações coletivas.

Destaques da Pauta de Reivindicações

• Reajuste Salarial: Aumento Real de 2% + Reposição Integral da Inflação (INPC) de nov/2020 a out/2021 (estimado em 9,62%)
• Piso Salarial no valor de R$ 2.037,30 (4% de aumento real + INPC)
• PLR no valor de 02 pisos salariais.
• Piso Técnico Químico: R$ 3.030,48 (2% de aumento real + INPC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Please copy the string BWk8sH to the field below: