Campanha Salarial Setor Farmacêutico – SP

abril 1, 2019 No Comments »
Campanha Salarial Setor Farmacêutico – SP
*Imprensa FEQUIMFAR

SETOR FARMACÊUTICO: FEQUIMFAR/Força Sindical e FETQUIM/CUT conquistam proposta para cláusulas econômicas e sociais

 

“Com a unidade de luta entre os Químicos da Força Sindical e CUT, nesta rodada de negociação com setor patronal da indústria farmacêutica, SINDUSFARMA, conquistamos uma proposta de reajuste de 100% do INPC, incidentes também sobre os atuais pisos salariais e PLR. Também avançamos no reajuste do Cartão Alimentação. Além disso, foram garantidas cláusulas econômicas e sociais vigentes, tais como jornada de 40 horas semanais, licença-maternidade de 180 dias, medicamentos gratuitos e/ou subsidiados, bem como continuidade dos Grupos Permanentes de Negociação.”

Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo) e 1º secretário da Força Sindical

Na manhã de hoje, dirigentes da FEQUIMFAR/Força Sindical, FETQUIM/CUT e Sindicatos filiados estiveram reunidos para a primeira rodada de negociação da Campanha Salarial e Social dos trabalhadores no setor industrial farmacêutico.

Principais pontos da Proposta Patronal

Reajuste Salarial100% do INPC (INPC/IBGE estimado em 4,21%) Com teto de R$ R$ 8.800,00 (reajuste de 3,39%)
Valor fixo de R$ 370,48

Piso Salarial 

Para empresas com até 100 empregados
Reajuste de 100% do INPC
De R$ 1.483,60 passará a ser de R$ 1.556,28

Para empresas com mais de 100 empregados
Reajuste de 100% do INCP (INPC/IBGE estimado em 4,21%)
De R$ 1.669,85 passará a ser de R$ 1.740,14

PLR – Participação nos Lucros e Resultados 

Para empresas com até 100 empregados
Reajuste de 100% do INPC (INPC/IBGE estimado em 4,21%)
De 1.695,28 passará a ser de R$ 1.766,64

Para empresas com mais de 100 empregados
Reajuste de 100% do INCP (INPC/IBGE estimado em 4,21%)
De R$ 2.352,10 passará a ser de R$ 2.451,12

Cartão alimentação:

Empresas com até 100 funcionários
Reajuste de 5,91% (com aumento real estimado de 1,63%)
De R$ 220,00 passará para R$ 233,00

Empresas com mais de 100 funcionários
Reajuste de 6,06% (com aumento real estimado de 1,77%)
De R$ 330,00 para R$ 350,00

“Conquistamos a proposta para manter o Grupo de Trabalho formado por representantes da FEQUIMFAR, FETQUIM e filiados para discutir as mudanças das novas leis trabalhistas”, diz Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru.

“Vamos levar a proposta para as assembleias e defender sua aprovação. O acordo deve ser avaliado em todos os aspectos, considerando conquistas importantes como a jornada semanal de trabalho de 40 horas, licença maternidade de 180 dias, medicamentos gratuitos e/ou subsidiados, entre outras”, destaca Serginho. 

“Garantir a manutenção das cláusulas sociais é uma grande conquista, dentro do cenário que estamos vivenciando. Cenário de constantes ataques do governo, para retirada de direitos e aniquilação do Movimento Sindical”, afirma Antônio Silvan Oliveira, presidente do Sindicato dos Químicos de Guarulhos e da CNTQ.

Próximas etapas
A partir de agora, dirigentes dos Sindicatos filiados farão assembleias em toda a base para apresentação da Proposta Patronal. A avaliação vai até o dia 9 de abril. Se a proposta for aprovada, será agendada a Assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho no próximo dia 10 de abril.

Data-base da categoria é 1º de abril.

Views All Time

Views All Time
616
Views Today

Views Today
2