Balanço das negociações 1º Semestre 2020

Já estamos na segunda quinzena de agosto, e dando continuidade nas negociações.

Estamos aproveitado este momento para realizar um balanço das negociações do primeiro semestre de 2020.


FIP

Fechamos nossa CCT normalmente durante o mês de abril, com reajuste do INPC (3,31%) nos salários.

Reajuste Salarial: 100% do INPC (INPC/IBGE de 3,31%)

Com teto de R$ R$ 7.750,00
– Valor fixo de R$ 256,52

Nas demais cláusulas econômicas como, auxilio creche, combustível, refeição e PLR, obtivemos a manutenção sem reajustes.

A data-base da categoria é 1º de abril

Referente a MP, não tivemos impacto nas negociações mas tivemos várias empresas aplicando a MP 927 e MP 936, mas todas as negociadas foram realizadas com transparência, inclusive em algumas garantindo o salário líquido do trabalhador, neste caso ele só perdeu o INSS e FGTS.

Luís Marcelo Ferreira, Marcelinho
Presidente da FIP


FEQUIMFAR

Setor de instrumentos musicais e brinquedos

No começo do mês de agosto, o STTI Instrumentos Musicais e Brinquedos entregou as pautas contendo as reivindicações das categorias aos representantes patronais dos respectivos setores.

A luta dos trabalhadores (as) nas indústrias de instrumentos musicais e brinquedos é pela manutenção da cesta básica, do convênio médico, bem como todas as demais cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho.

Vale lembrar que, com data-base em 1º de junho, o Sindicato conseguiu a prorrogação da vigência da Convenção Coletiva de Trabalho até o fim do mês de agosto, considerando a pandemia do novo coronavírus e a impossibilidade da realização de assembleias por conta do distanciamento social.

Setor industrial farmacêutico

A Campanha Salarial e Social dos trabalhadores nas indústrias farmacêuticas no estado de SP foi encerrada com importantes vitórias da categoria, mas em meio a um cenário mundial conturbado com a pandemia de Covid-19.

Após negociações coletivas, líderes da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados conquistaram a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho beneficiando cerca de 15 mil trabalhadores nas indústrias farmacêuticas em todo o estado de São Paulo. 

Principais conquistas 

Reajuste Salarial: 100% do INPC (INPC/IBGE de 3,31%)

Com teto de R$ R$ 8.800,00
– Valor fixo de R$ 291,28

Piso Salarial

Para empresas com até 100 empregados

Reajuste de 100% do INPC/IBGE (3,31%)
– De R$ R$ 1.556,28 passará a ser de R$ 1.607,79

Para empresas com mais de 100 empregados

Reajuste de 100% do INPC/IBGE (3,31%)
– De R$ R$ 1.747,82 passará a ser de R$ 1.805,67

Garantia da PLR – Participação nos Lucros e Resultados 

Para empresas com até 100 empregados
– R$ 1.774,43

Para empresas com mais de 100 empregados
– R$ 2.461,94

Cartão alimentação: 

Empresas com até 100 funcionários

Reajuste de 100% do INPC/IBGE (3,31%)
– De R$ 233,00 para R$ 240,71

Empresas com mais de 100 funcionários

Reajuste de 100% do INPC/IBGE (3,31%)
– De R$ 350,00 para R$ 361,58

A data-base da categoria é 1º de abril

“Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, conseguimos avançar e manter, por dois anos, importantes direitos já conquistados pela categoria, como jornada semanal de trabalho de 40 horas, licença maternidade de 180 dias, medicamentos gratuitos e/ou subsidiados foram mantidos, além de reajustes no Piso, salários e cartão-alimentação.”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
1º secretário da Força Sindical

Views All Time
Views All Time
149
Views Today
Views Today
2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Please copy the string l2VSL5 to the field below: