1ª parcela das PLRs de mineradoras injetará mais de R$ 5 milhões em Catalão

Sindicato Metabase diz que negociação manteve o poder de compra dos trabalhadores mesmo com crise econômica

catalão-2

Nesta sexta-feira (31), mais de R$ 5 milhões serão injetados na economia local (em Catalão-GO e região sudeste de Goiás) com o pagamento da primeira parcela das PLR’s (Participação nos Lucros e Resultados), paga antecipadamente pelas empresas Vale Fertilizantes e Anglo American. Pelo acordo fechado, a Anglo pagará uma parcela fixa de R$ 4 mil em 31 de julho, mais até 2,61 remunerações base, dependendo do cumprimento das metas, com pagamento em fevereiro de 2016. Na Vale, o pagamento será de um salário nominal, mais adicional de 15% para trabalhadores do turno, em 31 de julho, mais até 5 salários nominais com gratificação, dependendo do cumprimento das metas, a serem pagos em fevereiro de 2016.

catalão-1Diego Hilário, dirigente do Metabase e responsável pelas negociações salariais, explica que, neste ano, a meta foi manter os empregos e garantir as conquistas dos períodos de embalo da economia. “Parece ser o melhor patamar tangível. Sendo assim, está sendo uma vitória suada, deixar os trabalhadores aliviados de não saírem nos noticiários de greves e de demissões sumárias como estão ocorrendo em montadoras de automóveis por todo país e nas unidades da própria Vale Fertilizantes em todo o Brasil, menos em Catalão”, esclarece.

Hilário ainda ressalta o papel econômico do sindicato, uma vez que os comerciantes já se preparam para receber os trabalhadores das mineradoras para as compras, pois o tradicional pagamento de PLR é o centro das atenções dos lojistas e dos comerciários nos últimos três anos. Além do salário, também pago nesse dia, a quantia representará mais otimismo para todo o comércio da cidade, que tem a oportunidade de amenizar os efeitos da crise econômica e queda de vendas, alerta o sindicalista. “Nossa função como representantes sindicais é lutar pela categoria específica, mas, aqui no Metabase, pensamos também em nossa responsabilidade social quando fechamos acordos e negociamos em nome dos trabalhadores. Sabemos que, do nosso sucesso e dos valores que conquistarmos para nossos representados, dependerá também toda uma cadeia econômica que alavanca a cidade e toda a região. Negociamos sempre com isso em mente”, salienta Diego Hilário.

Para o dirigente do Metabase, “os números também são positivos para os municípios e para as prefeituras de Catalão e região, porque a arrecadação aumenta nesse período. A geração de impostos no comércio e no setor de serviços é aquecida, o que reflete em receita e retorna à população na forma de atendimento público e benfeitorias”.

O presidente do Sindicato Metabase, Arnaldo Antunes, e o diretor financeiro, Danilo Pereira, destacam as dificuldades enfrentadas neste ano, com a crise econômica geral que afeta o preço dos produtos das mineradoras e enfraquece o setor. Os dirigentes sindicais ressaltam a importância da garantia das conquistas do ano passado, quando as vendas e os preços, principalmente, dos fertilizantes produzidos em Catalão, estavam normais. “Na PLR de 2015, tanto da Vale como da Anglo American, foram adotadas as mesmas negociações do ano passado. Nossa luta, agora, será para manter os empregos e estamos lutando em todas as trincheiras em que o sindicato pode atuar pelos interesses dos trabalhadores. O Sindicato Metabase está aí para isso”, finalizam.

fonte: Leandro Rodrigues da Cunha – Assessor de Comunicação do Sindicato Metabase
Views All Time
Views All Time
409
Views Today
Views Today
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Please copy the string WjsCRH to the field below: